Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ficha Técnica do YIQUAN Technical Details

por Kombat Lovers, em 24.11.13

Significado do nome YIQUAN - YI significa tentar, pensamento, pretenção ou vontade (não deve ser traduzido como intenção). QUAN significa punho, no sentido de arma de combate.

Assim, YIQUAN deverá ser interpretado como boxe intencional, boxe do pensamento, ou ainda como boxe mental.

Por vezes o YIQUAN pode também ser referido como TA CHENG CHUAN ou como DA CHENG QUAN, significando nestes casos a "Arte da Grande Realização".

Definição Técnica - Arte Marcial Interna (porque tem por base a utilização do Qi/Chi - Energia)

Caracteristicas especiais: Não existem rotinas fixas, sequências de movimentos ou formas fixas. Como Arte Marcial Interna, está muito associado à Medicina Tradicional Chinesa e às medicinas alternativas no tratamento de doenças.

Além disso, o treino do Yi Quan suporta-se fortemente na prática de Zhan Zhuang, uma forma de Chi Kung/Gi Gong conhecida por POSTURA DA ÁRVORE, que é um reconhecido método de meditação utilizado para o desenvolvimento da capacidade de acumular Qi (energia vital).

Origem: China

Origem Técnica: Hsing I Chuan/Xing Yi Quan, Tai Chi Chuan/Taiji Quan e Pa Kua Chang/Baqua Zhang (todos eles estilos internos de Wushu)

Fundação: 1920

Fundador: Wang Xiang Zhai (1885 - 1963)

História: Wang Xiang Zhai foi o último dísicipulo do grande Mestre Guo Yun Shen. Aos 8 anos a fragilidade fisica de Wang inspirava tantos cuidados e especial atenção, que os seus Pais decidiram apresentá-lo ao Mestre Guo, de quem era amigos, tendo então Guo começado por ensinar a Wang o estilo Hsing I Chuan/Xing Yi Quan, introduzindo-o mais tarde ao estudo do Zhan Zhuang. 

Em 1913, com 27 anos Wang Xiang Zhai torna-se um eximio praticante e foi nomeado Instrutor Chefe de combate do Exército Chinês em Pequim, assumindo essa responsabilidade até 1918.

Aos 33 anos sentiu necessidade de evoluir e decidiu iniciar uma viagem por toda a China, buscando aprofundar mais os seus conhecimentos das Artes Marciais junto dos nomes mais conhecidos das Artes Marciais Chinesas da época. Na lista dos seus Mestres destacam-se grandes nomes como os de Heng Lin, Xie Tiefu, Fang Yizhuang e Jin Shaofeng.

Depois de sete anos de estudo intenso, decidiu regressar a Pequim, onde se estabeleceu criando uma escola. Nesse período, criou fortes laços de relação com a comunidade de Mestres de Artes Marciais que ensinavam na capital Chinesa. Conheceu então e fez amizade com figuras reputadissimas como Wu Yi Hui e Zhang Zhaodong e ganhou reputação como lutador e homem sábio.

Atribui-se a Wang a fama de nunca ter sido derrotado a partir do momento em que estabeleceu o Yi Quan como o seu estilo.

Principio/Conceito: Treino do Qi/Chi como pedra basilar para o desenvolvimento de todo o potencial fisico e mental do Ser Humano.

Utilização de movimentos simples de executar e eficientes.

Grandes Mestres e Referências: 

Tipo de esforço desenvolvido no treino: É basicamente um trabalho aérobio alático, mas muito suportado no treino do Qi (energia vital), compreendendo por isso o desenvolvimento de capacidades reconhecidas e aceites, mas não mensuráveis e cientificamente alcançáveis na avaliação do treino desportivo.

Livro Referência: The Tao of Yi Quan (Jan Diepersloot)

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:56



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D