Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ficha Técnica do TAI CHI CHUAN Technical Details

por Kombat Lovers, em 01.06.13

Significado do nome TAI CHI CHUAN: Não se pode fazer uma tradução literal dos significados das palavras chinesas. Algumas palavras estão mais associadas a um conceito do que a uma ação ou um objeto. A mesma palavra pode assumir diversos significados.

- TAI é uma palavra associada a grandeza (maior - supremo - mais alto - absoluto)

- CHI ou JI associa-se a altura (cume - topo - limite)

- CHUAN ou QUAN associa-se a lutar com a mão desarmada (soco - punho - combate desarmado)

É comum encontrarem-se várias formas para traduzir o significado de TAI CHI CHUAN, contudo, a tradução mais comum é PUNHO DO LIMITE SUPREMO

Definição Técnica: Arte Marcial (Mas começam a dar-se os primeiros passos para criar uma estrutura desportiva de competição)

Origem: Artes Marciais Chinesas e o Chi Kung (por vezes também chamado Qi Gong)

Origem Técnica: O TAI CHI CHUAN incorpora diferentes conceitos. O bem estar fisico e mental, a facilidade e leveza do movimento e a energia. Podemos dizer que as Artes Marciais Chinesas, o Qi ou Chi (fonte de energia) e a meditação são as componentes estruturantes do TAI CHI CHUAN. 

Fundação: Meados do século XVII

Fundação Moderna: Existem diversas linhagens e estilos de TAI CHI CHUAN. A maior parte dessas escolas começaram a estruturar os seus estilos a partir de meados do século XVIII.

Lenda: Uma das versões lendárias conta que o TAI CHI terá sido apresentado por Wu Xu, uma divindade Taoísta, ao monge Chan San Feng, que era um eximio praticante de Artes Marciais. O monge terá então começado a praticar e ensinar este estilo passando-o aos seus discípulos.

Outra versão da lenda diz que o mesmo Chan San Feng presenciou uma luta entre uma serpente e uma garça. A garça atacava sistematicamente a serpente, com golpes fortes e rápidos, tendo Feng observado que a serpente se mantinha descontraida, esquivando-se e aproveitando os ataques da Garça para contra atacá-la. Daí, teria então nascido o conceito do TAI CHI CHUAN.

História: As origens perdem-se no tempo. Os primeiros relatos históricos do TAI CHI referem Xu Xuan Ping e Li Dao ZI como os primeiros Mestres a apresentar o estilo como uma Arte Marcial autónoma, tendo isso sucedido nos séculos VII e VIII na dinastia Tang.

Outras teorias de históricas dizem que o primeiro impulsionador do conceito da "Arte Interior" terá sido o monge Chan San Feng. Também conhecido por "O Imortal", Chan San Feng, acabou por tornar-se uma figura mítica. Os registos acerca da sua vida são muito vagos o que faz com que alguns historiadores questionem a veracidade da sua existência. Como exemplo, pode referir-se que não existe consenso na datação do período de vida desta personalidade tão importante para  o imaginário da cultura Chinesa, apontando-se datas desde o séculos X até ao século XV.

São também muitas as versões da origem e história do TAI CHI, tal como são muitas as imprecisões que se encontram ao cruzar as versões dos diversos estudiosos.

Certo, é que o primeiro registo escrito fazendo referência ao TAI CHI CHUAN data do século X. Tem como título Guan Jing Wu Hui Fa, que traduzido significa algo como "Método para alcançar o esclarecimento através da observação da escritura", sendo o autor Cheng Ling Xi.

O TAI CHI foi-se desenvolvendo como forma de combate e acabou por ganhar reputação e o reconhecimento institucional.

No século XIX, o Mestre Yang Lu Chan, um estudioso das Artes Marciais e criador do estilo Yang do TAI CHI ganhou fama em Pequim pelas suas capacidades Marciais. Era tão bem considerado, que o chamavam "O Invencível". Essa reputação valeu-lhe um convite para treinar a Guarda Imperial Chinesa. E como resultado dessa distinção, Yang Lu Chan ganhou muitos seguidores, tendo a sua escola chegado a ter mais de 800 alunos. A partir daí deu-se o grande desenvolvimento do TAI CHI CHUAN.

Mas foi em finais do sèculo XIX, principios do século XX, com a abertura da China ao Ocidente, que o TAI CHI CHUAN começou a ser conhecido no Mundo Ocidental, iniciando-se o seu crescimento e consagração a nível Mundial.

Principio/Conceito: O TAI CHI CHUAN, como Arte Marcial segue um conceito enraizado na filosofia Taoísta, que defende a necessidade do Homem viver em harmonia com a Natureza. Tem uma forte componente de "GI" (a energia interior), sendo daí que se originou a sua classificação de "Arte Interior". A par disso, é dado muito enfase ao control da respiração.

Assim sendo, todos os movimentos são lenta e suavemente desenhados e coordenados com o control da respiração, por forma a potenciar ao máximo a eficácia e o "GI".

Whang Zheng Nan, Mestre da linhagem Wudang do TAI CHI CHUAN, referia-se a esta Arte Marcial como sendo uma arte "Interior" a contraponto dos estilos Chineses das escolas Shaolin, aos quais se referia como artes "Exteriores" por construirem a sua estrutura partindo essencialmente da condição física do praticante.

Baseando-se em movimentos circulares, que acompanham o movimento do adversário, podem-se considerar 3 pilares fundamentais na definição do conceito do TAI CHI CHUAN:

- Contrariar o movimento do adversário opondo-lhe a quietude

- Contrariar a dureza do adversário opondo-lhe a suavidade

- Contrariar a velocidade do adversário opondo-lhe a lentidão dos nossos movimentos

Grandes Mestres e Referências: Thung Kai Ying (CHN); Tung Hu Ling (USA); When Shan Wang (USA); Marshall Hoo (USA); Hum Hi Sian (TWA);

Livro Referência - Tai Chi Chuan Classical Yang Style: The Complete Form Qi Gong (Jwing Ming);

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:47



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D