Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



NEIL ADAMS, campeão olímpico explica O JUDO

por Kombat Lovers, em 15.09.16

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:32


Os melhores Judocas da atualidade

por Kombat Lovers, em 23.06.13

 Eis a minha seleção de Judocas de eleição:

 

 

 
 
 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:20


Ficha técnica do JUDO - JUDO Details

por Kombat Lovers, em 21.04.13

Significado do nome JUDO - Via da suavidade / Caminho da Suavidade

Definição Técnica - Desporto/Arte Marcial

Origem - Japão

Origem Técnica - Jiu Jitsu

Fundação - 1882

Fundador - Jigoro Kano

Lenda - Shirobei-Akyama, um médico/filósofo Japonês e estudioso das Artes Marciais, questionava-se acerca do desenvolvimento das técnicas de luta e estabeleceu uma comparação que ainda hoje é usada como referência para o JUDO. Olhando os Salgueiros, Akayama notou que os galhos, pressionados pelo peso da neve, cediam deixando a neve cair ao invés do que sucedia com outras árvores cujos galhos, rigidos, quebravam sob o efeito do peso. Daí nasceu a ideia de ceder para vencer. Usar toda a força e peso do adversário em nosso beneficio para vencê-lo...

História - Jigora Kano, um professor, trabalhava para o Ministério da Educação Japonês. Praticante de Jiu Jitsu e estudioso das Artes Marciais, decidiu desenvolver uma sistema de ensino que pudesse ser usado nas escolas com o minimo de risco para os alunos/praticantes. Para fazê-lo, eliminou todas as técnicas que potenciavam o risco para a integridade fisica dos praticantes ao ser aplicadas e deixou apenas as que podiam ser executadas sem magoar, permitindo assim aos particantes estudar e aplicar as técnicas livremente e sem riscos. Foram postas de parte todas as técnicas de "Atemi" (impacto) e ficaram apenas as projeções, imobilizações e luxações que podiam ser feitas com absoluto control e segurança.

Atento ao mundo moderno e às mudanças Kano desenvolveu o JUDO tendo sempre em mente transformá-lo em desporto e entrar no movimento Olímpico. Conseguiu!!!

Principio/Conceito - Utilizar a força do adversário em nosso beneficio. Aproveitar as suas fraquezas, os seus momentos de desiquilibrio para nossa vantagem.

Grandes Mestres e Referências: Yamashita (JPN), Koga (JPN), Neil Adams (GBR), Michel Almeida (POR), Geesink (NED), Toti Kashvili (GEO) ... para ser continuado...

Livro referência - Les trois maitres du BUDO (Jonh Stevens)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:50

Aqui temos uma Arte e um Desporto verdadeiramente potente.

 

Uma inovação desta modalidade, trouxe na década de 90, um capacete com máscara total que dá proteção completa à cabeça permitindo a prática de full contact (sem limitações).

Combinando o que de melhor têm o Judo, o Ju Jitsu, o Karate, a Luta Livre, o Muhay Thai e o Boxe, o KUDO permite chegar ao limite máximo da utilização do atemi (golpes de forte impacto - soco/pontapé/joelhada/cotovelada/...). Quando na luta de solo, o KUDO apenas permite a simulação de atemi à cara.

Por outro lado, todas as luxações e os estrangulamentos são permitidos com as regras do Judo.

Está tudo lá!! Agilidade, control, foco, potência no "atemi"!! Desporto de combate total. Sem limites na competição.

Apesar de ter sido desenhado para ser um desporto de combate, o KUDO preserva em si grande parte da essência das Artes Marciais.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D