Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Kalaripayattu a mais antiga das artes Marciais

por Kombat Lovers, em 20.11.16

 

Reconhecidamente o registo mais antigo de entre todas as Artes Marciais conhecidas.

Kalaripayattu é um sistema de combate/luta que remonta aos primórdios da história da India e que teve o seu apogeu entre os séculos VII e IX D.C. quando foi usada como forma de treino dos pequenos exércitos ao serviço dos pequenos principados e reinos que surgiram na India medieval. A partir daí entrou en declinio, mas algumas escolas mantiveram a prática e os conhecimentos foram preservados.

O declinio absoluto e o seu quase desaparecimento aconteceu após a revolta levada a cabo em 1804 pelo regente de Parashi, contra o Império Inglês. A partir desse momento, o Kalaripayattu foi proibido pelos Ingleses e passou a ser praticado secretamente, pois a sua pratica quando declarada ou descoberta era punida com pena de prisão.

Apenas e só após a independência dos Ingleses, puderam os aficionados voltar a praticar livremente e actualmente estão aabrir-se diversas escolas revivalistas que trazem a arte como forma desprotiva e de manutenção e bem estar fisico e intelectual.

 

 

O treino está dividido em 4 partes:

O Maipayat, que diz respeito ao treino/preparação física

O Koltharipayattu treino com varas, paus e armas de madeira

O Ankatharipayattu que usa as armas metálicas de corte ou de impacto (facas, espadas, catanas, correntes, escudos e protecção metálicos, ...)

E finalmente o Verumkai onde se treina a luta corpo a corpo sem protecção ou armamento.

 

A sua prática está fortemente associada medicina tradicional Indiana com origem no Aiurvedra e à sua componente espiritual Budhista.

 

 

Recentemente vem-se assistindo à associação progressiva, mas consistente da Kalaripayattu ao folclore Indiano.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:17


guerreiros ancestrais - ancient warriors

por Kombat Lovers, em 18.09.16

Os SAMURAI, são frequentemente referidos também como bushi ou buke com um sentido original de servir/acompanhar.

A palavra samurai origina da palavra saburau que se interpreta como "aqueles que servem e acompanham de perto a nobreza".

Trata-se de uma classe guerreira que surge no Japão Feudal, socialmente aceite e totalmente integrada a partir do século X d.c.. Eram os Samurai que desempenhavam funções mistas de protecção do território, como de preservação da paz social e ordem pública. Com o tempo, ascenderam aos mais altos cargos sociais e dominaram a hierarquia politica Japonesa por 9 séculos, até a abertura do Japão ao mundo ocidental em finais do século XIX.

 

 

Os CAVALEIROS Ocidentais da idade média e Renascença

A Associação de Artes Marciais da Renascença (ARMA - Assotiation of Renaissance Martial Arts) e a Artes Marciais Históricas Europeias (HEMA - Historical European Martial Arts) são alguns dos grupos que estudamas Artes Marciais da Europa Medieval e Renascentista.

Os manuais históricos sobreviventes preservaram imagens e lições a partir das quais o combate armado e desarmado da época podem ser reconstruídos e assim se treinam as artes e métodos dos reputados CAVALEIROS Europeus, que, como o próprio nome indica estavam intrinsecamente associados à arte da cavalaria, que deu origem à Equitação e ao Hipismo. Na generalidade eram nobres ou estavam a soldo de um nobre e tinham como denomiunador comum a defesa e propagação da religião Cristã.

 

 

 Os "HWA RANG" eram uma linhagem de cavaleiros guerreiros Coreanos que atingiram grande notoriedade no século X, a exemplo dos Samurais Japoneses. Esses cavaleiros HWA RANG estudavam a luta corpo-a-corpo com a aplicação de chaves e o uso de uma enorme diversidade de armas como espadas e arcos. O treino era duro e desgastante, apoiando-se também no típico uso oriental da energia positiva resultante do treino do "CHI ou GI".

Para além do treino marcial, os HWA RANG dedicavam muito do seu tempo ao estudo e desenvolvimento das artes e cultura, bem como da religião. A poesia, a pintura e o Budismo eram parte integrante do seu dia a dia e diz-se que eram aficcionados ao uso da costmética, perfumairia e acessórios de estética.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:28

Lendo os TAGS "Origens" e "Defesa Pessoal" e "Artes Marciais" deste blog, compreende-se perfeitamente que as origens das Artes Marciais, das Lutas e dos desportos de Combate foram diversas e tiveram lugar em vários pontos do Globo e em diferentes culturas.
Mas todas foram motivadas por uma necessidade e anseio. As pessoas em geral precisam de defender-se e procuram formas de fazê-lo.
 
 

 
 
Com o passar dos tempos e com o aparecimento das civilizações ocidentais, onde a segurança e o bem estar passaram a ser um Direito inalienável e uma responsabilidade do Estado para com os seus cidadãos, a vida em sociedade tornou-se mais segura e passou-se a ter menos preocupações com a auto proteção.
Se bem que ainda existam sociedades onde estas modalidades são muito procuradas para auto proteção, hoje em dia, elas são muito mais procuradas como uma forma de vida, de auto conhecimento e manutenção do bem estar físico.
 
E qual é o futuro das artes marciais?
Olhem para a nossa atualidade e vejam o que aconteceu ao Mundo. As fronteiras quebraram-se. Agora a Europa é um grande País, o muro de Berlim caiu e a Alemanha está reunificada o que permite que o Leste e o Oeste se cruzem. A China abriu as suas portas ao Ocidente e qualquer cidadão pode entrar e sair livremente. Isso leva a que os negócios cresçam, com os negócios, as pessoas viajam, comunicam, conhecem-se e aprendem a conviver mais e melhor, em sociedade.
O resultado disso é que as pessoas se movimentam livremente, comunicam, interagem e cada vez mais pessoas de Países diferentes encontram-se, juntam-se, casam-se, têm filhos e os seus filhos não são nem brancos, nem amarelos, nem pretos, nem nada mais do que pessoas. Continuam a ser pessoas, filhos de pais de países diferentes, com origens diferentes, mas são pessoas, como todas as outras.
 
Os fundamentalistas podem achar que não, mas as Artes Marciais são como as pessoas. As Artes Marciais, evoluem, cruzam-se, e por muito que alguns não queiram, o futuro é precisamente esse. As Artes Marciais, os Desportos de Combate, os Sistemas de Combate, as Lutas e a Defesa Pessoal, vão cada vez mais cruzar-se, misturar-se e a evolução será cada vez mais rápida, ao ponto de poder perder-se a identidade de algumas delas, pois a certa altura pode quase não se perceber o que são, ou qual a sua finalidade...
Mas uma coisa é certa, o homem gosta de lutar e combater, por isso estas modalidades vão pervalecer e continuar a existir.
No século XXII o MMA, o KUDO, o SAMBO, o JUDO, e o KARATE, continuarão a existir, mudando ou não de nome, tal como o YI QUAN mudou de nome no Japão evoluindo para o TAIKIKEN. O WING CHUNG é outro exemplo, que evoluiu para diversas variantes, nascendo daí o JEET KUNE DO, o WIN TSUN e mais recentemente o WIN REVOLUTION do Sifu Espanhol Victor Gutiérrez.
Todas estas modalidades passaram e continuarão a passar de geração em geração. Quer seja como Artes Marciais, ou como Desportos, ou por qualquer outra forma, hão-de sobreviver.
Provavelmente poderão parecer desfocadas ou adulteradas para um praticante mais velho, mas é o resultado da evolução. O tempo não pára e o Mundo evolui para outras formas que, para os mais conservadores, parecem sempre inadequadas ou desajustadas. Como tudo na vida neste mundo em que vivemos, só há uma hipótese de sobreviver, adaptar-se. As espécies que não se adaptam morrem. o mesmo sucederá com as modalidades Marcias e de luta que não se souberem adaptar aos tempos modernos. Morrerão.
 
O KUDO, O SAMBO, O MMA são o exemplo recente dessa evolução. Todas estas modalidades foram desenvolvidas por homens visionários no final do século XX. O mesmo já se tinha passado em finais do século XIX e início do século XX com o Judo e o Karate.
No século XXI, o poder e a velocidade viral da WEB, vão apenas potenciar o aparecimento e evolução, cada vez mais rápidos, de novos estilos e modalidades.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:08

O que é MEDITAR?

MEDITAR não tem regras. MEDITAR não tem tempo. MEDITAR não tem posições obrigatórias.

MEDITAR é Tempo. Tempo para não pensar em "NADA" e em "TUDO", ao mesmo tempo.

E Tempo, é um bem precioso, muito precioso.

Mas será o Tempo tão precioso, que não podemos desperdicá-lo para descansar sequer?

Ou será ele tão mais valioso precisamente por isso? Para podermos dar-nos ao luxo de desperdiçá-lo, sentados a olhar um Pôr do Sol e as ondas do mar a bater na rocha.

Os Orientais, com as escolas de Filosofia e Religião Shinto, Taoista e Confucionista e com o entendimento do "CHI" do "YIN" e do "YANG", têm mais facilidade em entender a importância de "PARAR", de ter tempo para pensar em "TUDO", de ter tempo para pensar em "NADA", ou seja, MEDITAR.

A vida acontece e nós a vê-la acontecer.

Por vezes, parece não haver tempo, mas há.

Temos todo o tempo do Mundo, ... todo o tempo, ... basta querermos!

Em vinte e quatro horas, o tempo que dura um dia, bastam-nos cinco minutos. Cinco minutos são o tempo suficiente  para espairecer, aclarar as ideias ou mudar de ideias.

Por vezes focamo-nos tanto no pequeno Mundo em que vivemos, na profissão, na moda, no desporto, esquecendo-nos que há mais vida, para além da vida que conhecemos.

E essa vida, que não vemos, está mesmo ali ao nosso lado, passa-nos despercebida, porque não damos a nós próprios a oportunidade de a ver.

Pare e olhe à sua volta... Gaste cinco minutos do seu dia para olhar ao seu redor.

Pense no que está errado, pense em como podia mudar para melhor e vai notar uma grande diferença no seu dia a dia.

Bruce Lee dizia, "Seja como Água, ...".

Adapte-se, transforme-se, modifique a sua vida, para descobrir novas formas de estar e viver em harmonia com o Mundo que o rodeia.

Acima de tudo adapte a sua vida para finalizar todos os dias com a certeza de estar feliz e a sentir-se bem com o que faz.

 

Não faça nada porque tem que ser. Faça porque gosta de fazer.

Divirta-se e Seja Feliz!!!

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:25


As origens das Artes Marciais

por Kombat Lovers, em 13.05.13

Verdadeiramente, como já referimos no primeiro artigo escrito neste Blog, a ORIGEM da defesa pessoal, reside na origem da vida. Qualquer organismo vivo, desde a bactéria, passando pelo virus, até aos animais e plantas mais complexos, têm inscrito no seu DNA a palavra DEFESA. E certamente, AUTO PROTEÇÃO é a uma instrução que os DNAs trazem como a primeira ordem a cumprir pelo organismo. Por isso, a maior parte dos organismos biológicos matam. Matam para subsistir e suplantar as outras formas de vida biológica com quem partilham o seu meio ambiente, mantendo-se o mais possivel no topo da hierarquia de vida, SOBREVIVENDO.

 

Mas, em termos geográficos, de onde são originárias as Artes Marciais?

Da Europa? Certamente não.

Da China? Mais recentemente, sim...

Mas os primeiros registos escritos das origens de sistemas de luta reconhecidos como Ciência e Arte, foram encontrados na India e da sua análise resultou uma datação entre 5.000 a 6.000 anos atrás. Nessa época, os Faraós estavam no seu apogeu e a cultura Egipcia florescia nos, então, vales férteis do Nilo.

É a partir dessa época, há aproximadamente 5.000 anos, que as formas de luta e defesa pessoal que originaram as Artes Marciais começaram a ser consideradas e declaradas como uma Ciência e a ser registadas em documentos escritos.

 

Por isso, se considerarmos os factos documentados, a origem das Artes Marciais está na India, sendo os monges budistas apontados como os primeiros praticantes cientificamente organizados de Artes Marciais. Esses monges estudavam as formas de luta pela necessidade imperiosa de auto proteção e para poderem defender os seus mosteiros, que albergavam todas as riquezas materiais e culturais que tinham recolhido e passavam de geração em geração. Ou seja, a existência de riquezas nos mosteiros acerretava riscos para todos aqueles que ali viviam, pois estavam sempre sujeitos à ganância e cobiça dos fora-da-lei e dos seus inimigos. Sistematicamente assaltados e atacados, os monges foram ganhando consciência da necessidade de terem mais e melhor proteção e decidiram fazê-lo por mão própria. Começaram a treinar-se na "Ciência da Luta e da Guerra".

Naquele tempo, a "Guerra" baseava-se na Luta corpo-a-corpo e foi precisamente por aí que os monges começaram pela Luta Corpo-a-corpo. Daí nasceram e foram-se então desenvolvendo os principios que deram ORIGEM às Artes Marciais.

Resumindo, a ORIGEM das Artes Marciais teve por objetivo garantir a mais básica das necessidades do ser humano, ... a SOBREVIVÊNCIA!!!

 

Com o tempo, os estilos e a natureza das Artes Marciais começou a incorporar o modelo de vida de muitas pessoas e deixou de ser uma forma de se defenderem, passando a ser acima de tudo um estilo de vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:55

A defesa é o instinto mais profundamente enraizado no subconsciente humano.

Contudo, quando nasce o ser humano traz imunidades, mas não vem preparado para se defender. São os seus progenitores que o defendem. Mas rapidamente qualquer criança aprende a defender-se.

Gritar, fugir, esconder-se, são as primeiras formas de defesas que se aprende. Mais tarde as formas de se defender do ser humano evoluem e aprendem-se técnicas mais elaboradas.

Quanto mais hostil for o meio envolvente, mais defensivo o ser humano fica e mais vai procurar aprender novas formas de se defender.

Até há 100 anos atrás, as ARTES MARCIAIS, as Lutas/Desportos de Combate e as Técnicas de Defesa Pessoal apareciam na vida das pessoas por necessidade da segurança.

Desde então e cada vez mais, muitas pessoas procuram as Lutas, as ARTES MARCIAIS e as técnicas de Defesa também por razões que estão para além do instinto natural de defesa.

Os Artistas Marciais, para além da confiança e auto estima, procuram nestas Artes bem estar, saúde e a perfeição...

Essa perfeição é um estado de espirito, no qual o Artista Marcial sente a superação de todas as barreiras fisicas e mentais pela Arte da Luta e do Combate.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:44


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D